Borussia Mönchengladbach – Por dentro da Bundesliga V

Potências do Futebol Feminino vencem na abertura do Rio2016!
05/08/2016
Hannover vence na abertura da 2.Bundesliga
06/08/2016

Na Sessão de hoje, do Por Dentro da Bundesliga, iremos conhecer o Time do Borussia Mönchengladbach, fundado em 01/08/1990 na cidade de Mönchengladbach, localizada no estado da Renânia do Norte-Vestfália na Alemanha.

O time se uniu ao Turnverein Germania 1889 em 1919 e formaram o Verein für Turn-und Rasensport 1889 München-Gladbach. No entanto, em 1921 desmembraram do grupo de ginástica do Germania e formaram o VfL Borussia München-Gladbach.

No ano de 1933 a equipe uniu-se novamente desta vez com o SC München-Gladbach e atuou como SC Borussia München-Gladbach somente até agosto de 1934.

Novamente com o nome de VfL Borussia München-Gladbach chegou à Oberliga Ocidental no ano de 1952.

O clube ganhou seu primeiro título importante na DFB Pokal em 1959-1960 quando venceu por 3 a 2 o Karlsruher SC.

Posteriormente passou a se chamar VfL Borussia Mönchengladbach e após mais de 10 anos, na temporada de 1965-1966 , chegou a Bundesliga. No ano de 1970 o time teve como concorrente direto o Bayern München que veio a vencer a temporada, mas na competição seguinte foi a vez do Borussia conquistar o título.

Confira os títulos do Borussia Mönchengladbach em sua história:
2 Copa UEFA nas temporadas de 1974–1975 e 1978–1979
5 Bundesliga nas temporadas de 1969–1970, 1970–1971, 1974–1975, 1975–1976 e 1976–1977
1 Bundesliga – 2ª Divisão na temporada de 2007-2008
3 DFB Pokal nas temporadas de 1959–1960, 1972–1973, 1994–1995
1 Supercopa da Alemanha na temporada de 1977

No último torneio da Bundesliga o time ficou em 4º lugar atrás do Bayer Leverkusen.

Foram contratados os jogadores: Laszlo Benes (MSK Zilina), Mamadou Doucouré (Paris St. German), Christoph Kramer (Bayer 04 Leverkusen), Tobias Strobl (TSG Hoffenheim), Jannik Vestergaard (SV Werder Bremen), Josip Drmic (Hamburger SV, retorna de empréstimo), Janis Blaswich (SG Dynamo Dresden, retorna de empréstimo), Tsiy William Ndenge (eigene U23), Ba-Muaka Simakala (Mönchengladbach II) e saíram os jogadores Branimir Hrgota, Granit Xhaka, Roel Brouwers, Martin Hinteregger, Havard Nordtveit, Marlon Ritter, Martin Stranzl.

Basta sabermos se com os reforços o clube conseguirá emplacar um resultado melhor ou se decepcionará os mais de 50.000 sócios alvinegros.

Na última década a equipe ficou em posições intermediárias e foi rebaixada como lanterninha em 2006/2007, apesar de retornar um ano depois, havia dificuldade para se estabilizarem, a ponto de disputarem um Playoff contra o rebaixamento em 2010/2011. O fantasma da irregularidade, certamente incomoda.

Em contrapartida, o técnico André Schubert tem 3 anos na instituição, sendo o primeiro na equipe II, além de uma passagem pela seleção da Alemanha Sub-15, logo conhece bem o clube, sendo capaz de extrair o máximo de cada jogador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *