PROFUT – A lei que fará você se despedir do clube de seu coração!

Torcida do Náutico ajuda o clube em gesto solidário!
11/05/2017
A causa do Rebaixamento de clubes tradicionais pelos Estaduais!
11/05/2017

A Lei Profut fará muito clubes fecharem as portas e isso é uma verdade consolidada.
O debate na verdade está na forma como a frase anterior foi escrita, pois no Brasil ela tem o significado de talvez extinguir times endividados ou desorganizados.

A CBF possui 870 clubes profissionais e 450 amadores, porém existem cerca de sete mil, isso mesmo, 7000 não registrados. Dentro desse conceito existirá um novo Regulamento para o Registro de Clubes e a respectiva manutenção da condição de agremiação profissional.

Financeiramente os clubes não poderão mais atrasar salários e precisarão comprovar balanços para arcar com as despesas do ordenado de treinadores, jogadores e demais funcionários.

A receita bruta só poderá ser utilizada em até 80% para o futebol, assim como a regularização das ações trabalhistas, a proibição de antecipar verbas a período posterior do fim de mandatos. Cada presidente só poderá permanecer 8 anos no poder (eleição de até 4 anos e novo mandato por mais 4, caso vença a disputa interna).

Este fator pode baixar a folha salarial, se também considerada a possibilidade de rebaixamento por dívida fiscal.

Estruturalmente os times terão que participar de competições nas categorias de base desde o sub-15, porém apresentando centro de treinamento equipado com departamento jurídico, médico, fisiologia, estrutura de alimentação, campo de treino em boas condições, vestiários e estádios adequados.

O prazo para conclusão e adaptação será de 2 anos e pelo menos metade dos times da Série C do Brasileirão, não estão prontos, como é o caso do Macaé, que tenta “correr contra o tempo”.
Quem não conseguir atender aos requisitos terão que converter o clube para Amador, sendo impedido de jogar competições Nacionais.

Não é preciso ter estádio próprio, apenas apresentar contratos com garantias da utilização do mesmo, como Engenhão e Maracanã.

A contra partida da lei Profut para os clubes é refinanciar suas dívidas em 20 anos – 240 parcelas com redução de 70% das multas e 40% dos juros.

Confira a lei na íntegra e a dívida de cada clube com a União!

Separamos alguns deles em forma de gráfico:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *