Como seria o Campeonato Catalão em um país independente?

Dinheiro a Vista? Saiba qual é o torneio que terá maior premiação para times brasileiros!
01/11/2017
Filme Goleiro – A história de Danilo Padilha eternizada!
03/11/2017

O Campeonato Catalão de futebol se o estado da Catalunha fosse independente, não seria dos mais atrativos.

O levantamento mostra confrontos entre times semiprofissionais e estádios “minúsculos”, possivelmente sem o Barcelona, já que há equipes do País de Gales, por exemplo, que preferem disputar as Ligas Inglesas.

Há quem diga que esta ideia é controversa, pois Javier Tebas, presidente da Liga LFP, já se pronunciou a respeito, dizendo que:
Barcelona, Espanyol, Girona (1ªDivisão), Reus, Gimnàstic de Tarragona e Barcelona B (2ªDivisão), estariam impedidos de permanecer no futebol espanhol. Os atletas da região também não seriam chamados pela seleção e o Campeonato Catalão precisaria de chancela da UEFA para que os clubes lutassem nos Playoffs de acesso para Champions e Europa League.

Outra hipótese cogitada é que alguns clubes das regiões vizinhas, responsáveis por compor o grupo da respectiva área na 3ªDivisão, participassem da “nova Liga”.

Os jogadores do país, já estão habituados a jogar uma vez por ano, geralmente em Dezembro, autorizados pela FIFA. O último resultado foi 3 x 3 diante da Tunísia em 2016.

Por hora, segundo o portal Depor, a maior disponibilidade de participantes seria:
Barcelona – Estádio: Camp Nou / Capacidade: 99.354 espectadores
Espanyol – Estádio: Cornellà-El Prat / Capacidade: 40.000
Girona – Estádio: Montilivi / Capacidade: 9.282
Sabadell – Estádio: Nova Creu Alta / Capacidade: 12.000
Reus – Estádio: Camp Nou* Mesmo nome do Barcelona / Capacidade: 5.000
Gimnàstic – Estádio: Estadio Nou / Capacidade: 14.591
Espanyol B – Estádio: Ciutat Esportiva Dani Jarque / Capacidade: 6.000
Barcelona B – Estádio: Mini Estadi / Capacidade: 15.200
Cornellà – Estádio: Nou Municipal de Cornellà / Capacidade: 1.500
Badalona – Estádio: Centenari del Camp / Capacidade: 10.000
L’Hospitalet – Estádio: Feixa Llarga / Capacidade: 6.294
Lleida – Estádio: Camp d’Esports / Capacidade: 13.500
Olot – Estádio: Municipal / Capacidade: 4.000
Sant Andreu – Estádio: Narcís Sala / Capacidade: 7.000
Llagostera – Estádio: Nou Estadi Municipal de Palamós / Capacidade: 3.724
Peralada – Estádio: Peralada / Capacidade: 1.500
CE Europa – Estádio: Nou Sardenya / Capacidade: 4.000

Contudo, a disparidade seria grande, pois equipes amadoras ganham apenas 6 mil Euros para disputarem as divisões inferiores da Espanha.

Vale lembrar que as últimas participações de Sabadell (1988), Lleida (1994), Nàstic (2007), Europa FC (1931) na elite foram em tempos remotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *