Dia Internacional das Mulheres – Hora para mudar o futebol Mundial!

Raio-X: Conheça os integrantes da Série D 2018 Grupo A4!
07/03/2018
Campeonato Paulista Sub-20 2018 – Confira grupos, participantes e prévia do regulamento
08/03/2018

O Dia Internacional das Mulheres, celebrado dia 8 de Março, trás sempre um momento festivo com lembranças, cartas, poemas, presentes, contudo o melhor que elas podem ganhar não está apenas nessa data e sim em um mundo menos desequilibrado.

Em muitos países, enquanto as mulheres conquistam cargos cada vez mais elevados nas empresas, elas continuam tendo remuneração mais baixa, mesmo exercendo atividade e cargos similares ao dos homens, esse é um ponto para dizermos: Chega!!

Se adentrarmos no âmbito esportivo, precisamente no futebol, temos orgulho de saber que o calendário feminino tem melhorado, mais competições têm sido criada e o público tem abraçado a causa.

Nós lembramos positivamente das finais do Campeonato Brasileiro, onde as torcidas únicas de Santos e Corinthians, lotaram o jogo do respectivo mando de campo e o nível da partida foi bem interessante, sem qualquer monotonia.

Também é fundamental recordarmos o fenômeno, Iranduba, onde o estado do Amazonas conseguiu um público 20 vezes maior que o desporto masculino, mantendo uma média, mesmo com ingressos pagos, superior a 20 mil espectadores!

Contudo, vamos lembrar que no Dia Internacional das Mulheres há preconceito sim e é contra isso que precisamos lutar:
No Irã, 35 mulheres foram presas por tentarem entrar no estádio para assistir a partida entre Esteghlal x Persépolis, as mesmas são proibidas desde a Revolução Islâmica de 1979 de entrarem nos jogos.

Gianni Infantino, presidente da FIFA estava no local, viu ou fingiu que não percebeu, mas uma simples atitude feminina nos arredores do Estádio, solicitava aos homens que não fossem ao campo sem elas.

As autoridades locais, se defenderam, disseram apenas que todas estariam liberadas horas depois do apito final.
Compartilhe esse alerta e essa homenagem, se as coisas não evoluem de dentro para fora, que seja de fora para dentro, na mesma energia e disposição…

O Futebol sem as mulheres certamente perde o brilho, é como se fosse um reino sem uma majestade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *