Visão empresarial – Vendido por 70 Milhões de Reais sem jogar!
03/08/2018
Por que? Barcelona diferenciou elenco feminino e masculino!
04/08/2018

A Nova Zelândia conseguiu uma grande proeza, mostrando evolução, competência e até coesão na atitude em seu futebol. Estamos falando da modalidade feminina, onde as jogadoras requisitaram equiparação financeira com o futebol masculino.

Se tal fator foi surpreendente, a sequência foi melhor ainda: Em maio desse ano, a solicitação foi aceita e elas conseguiram mais um passo: Eliminaram o treinador Andreas Heraf do comando.

Na visão do plantel da Nova Zelândia isso foi positivo, porque 13 atletas denunciaram via cartas uma espécie de "cultura do medo", existindo ainda reclamações de bullying e intimidações.

Caso alguma dessas menções sejam verdade, a vitória realmente foi do futebol. O ponto mais delicado da situação era o poder de Andreas Heraf, pois além de técnico, exercia funções de diretor técnico da Federação, sendo muito respeitado no meio do esporte.

Diante de alguma indecisão inicial, as atletas se recusaram a entrar em campo, de forma que o presidente da NZF (Confederação Neozelandesa de Futebol), Deryck Shaw, afastou o comandante e ainda solicitou investigações.
Agora, o valor da diária pela convocação, voos de primeira classe serão direito dos dois gêneros.

Quebra de confiança
Heraf sempre respondia as perguntas com firmeza, mas em uma coletiva fez uma declaração que irritou o grupo. Ao ser questionado sobre uma postura defensiva da Nova Zelândia diante do Japão, ele afirmou que existia grande diferença de qualidade técnica entre os times, reiterando que o país da Oceânia nunca atingiria o mesmo nível das adversárias.

Bom pensamento...
A atacante Sarah Gregorius afirmou que a questão não era uma briga de gêneros, pois uma vez que alguém defendesse a camisa da Nova Zelândia, o tratamento deveria ser sempre o mesmo.





_____________________

Sobre o Site / Autor - Ivan Mazzuia
Página especializada em Análises e postagens para capacitar profissionais das diferentes áreas esportivas em um ambiente interativo, de forma eclética, fazendo também que torcedores conheçam o cotidiano de trabalho do futebol.
Mazzuia.com patrocinou as equipes de Plácido de Castro (2017-2018) e Atlético Acreano (2018), tendo a honra de exibir sua marca nos uniformes desses times.
A transmissão ao vivo das partidas do Plácido na Série D do Campeonato Brasileiro, com a devida autorização legal, foi mais uma força para comprovar seu crescimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *