Hipotermia, quase tirou a vida do brasileiro Amarildo!

Cruzeiro ajudará cães abandonados em ação!
08/08/2018
Técnicos Fracos? “A Culpa é minha e coloco em quem eu quiser”
09/08/2018

O brasileiro Amarildo, atleta do Destroyers da Bolívia, tomou um verdadeiro susto no jogo diante do Jorge Wilstermann, no último final de semana.

A forte chuva que caia deixava a temperatura muito baixa, o que ocasionou um princípio de hipotermia no meia, contudo, a situação agravou, trazendo perigos ainda maiores, infelizmente.

Atendido no intervalo, ele teve uma paralisia facial como consequência, precisando ser levado às pressas para o hospital mais próximo.

O site boliviano "Diez", relatou ainda que dentro da ambulância, Amarildo teve uma parada cardíaca; perdeu o pulso, precisando ser reanimado através da respiração cardiopulmonar.

O médico Jesus Moreno, da própria equipe do Destroyers, assustou, porque a ambulância não tinha desfribilador.
Ainda em recuperação, uma bateria de exames cardiológicos foi realizada, enquanto Amarildo continua em observação no hospital de Santa Cruz de la Sierra. O seu clube tem mantido o torcedor informado com postagens nas redes sociais, onde classifica essa recuperação como muito boa.

Aos 33 anos, o atleta possui um bom histórico no futebol, tendo sido revelado pelo Fluminense e passado por outros clubes como Avaí, Bangu, Madureira, CRB, entre outros.

No River do Piauí, as boas atuações colocaram o jogador entre os mais respeitados, mas segundo a mídia do estado, na época, ele atuava como volante.





_____________________

Sobre o Site / Autor - Ivan Mazzuia
Página especializada em Análises e postagens para capacitar profissionais das diferentes áreas esportivas em um ambiente interativo, de forma eclética, fazendo também que torcedores conheçam o cotidiano de trabalho do futebol.
Mazzuia.com patrocinou as equipes de Plácido de Castro (2017-2018) e Atlético Acreano (2018), tendo a honra de exibir sua marca nos uniformes desses times.
A transmissão ao vivo das partidas do Plácido na Série D do Campeonato Brasileiro, com a devida autorização legal, foi mais uma força para comprovar seu crescimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *