Fraudes no futebol da Bélgica renderam cadeia!

Campello continua como presidente e Vasco possui dois balanços!
11/10/2018
FanHero e BR Foot Sports Media transmitirão Brasileirão no exterior!
12/10/2018

O futebol da Bélgica vive dias tenebrosos. Ao todo 60 operações da polícia, incluindo também França, Luxemburgo, Chipre, Montenegro, Sérvia e Macedônia apuraram que a Liga local teve fraudes.

Os 220 policiais mobilizados prenderam várias pessoas, entre elas o técnico do Brugge, Ivan Leko, o agente de atletas Mogi Bayat e o ex-diretor esportivo do Anderlecht, Herman Van Holsbeeck.

Ainda sem maiores informações detalhadas, por causa de todo o processo investigativo, as causas apontadas foram transferências ilegais de atletas e a manipulação de resultados da Jupiler Pro League, a primeira divisão do futebol da Bélgica.

O comunicado destaca: “A instrução judicial cobre atividades realizadas no âmbito de uma organização criminosa, de lavagem de dinheiro e de corrupção privada”, segundo apurou o Globo Esporte.

A sede de vários clubes estão entre os locais que foram objetos de operações de apreensão, a imprensa local fala dos três maiores clubes do país: Anderlecht, Club Brugge e Standard Liège.

Tal trabalho ainda vasculhou a casa de outros treinadores, agentes, jogadores, árbitros, advogados, escritório de contabilidade, jornalistas e outros eventuais cúmplices.

Segundo o relatório apontou tais investigações começaram em 2017, após a Unidade de Fraudes Esportivas da Polícia Federal ter desconfiado de transações financeiras suspeitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *