Bolt é protagonista na vitória do Central Coast Mariners!

PSG x Estrela Vermelha tem suspeita de manipulação!
13/10/2018
Confiança da Paraíba encara falta de estrutura para sobreviver!
15/10/2018

Bolt deixou o atletismo de lado aos 32 anos e começou a buscar espaço no futebol, mas ao certo, a dúvida era grande se ele optaria pelo alto rendimento.

Ao estrear como titular pelo Central Coast Mariners da Austrália e balançar a rede por duas vezes (em uma delas contou com a ajuda da defesa adversária) na vitória sobre o Macarthur South West United, em amistoso preparatório para a 1ªDivisão, Bolt afirmou que precisa de mais um ano treinando para saber se tem plenas condições de alcançar um nível ideal.

Ao optar por deixar o atletismo, afirmou que já não sentia o mesmo prazer de quando iniciou naquele esporte, contudo, o jamaicano pode até criar expectativas de ser convocado para a seleção de seu país, que há tempos não chega ao Mundial FIFA.

A evolução do mesmo, o deixa parcialmente satisfeito, mas jamais acomodado e curiosamente, não foi só sua velocidade que chamou atenção, pois o atacante mostrou uma canhota refinada no jogo.

Outro fator positivo do encontro foi a renda, destinada a uma ação beneficente para uma instituição de pesquisa sobre o Mal de Parkinson.

Apesar de Bolt ter uma boa auto-avaliação, o comandante do time acredita que em Janeiro será possível ter um relatório completo do atacante, cujo acordo é apenas para pré-temporada.

Seu contrato ainda depende da comissão técnica.

Veja os lances:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *