Torcedor vende carro para comprar Bandeirão! Paixão que não se mede!

Reviravolta? CBF quer Fair Play Financeiro na Série A em 2020!
02/02/2019
Sala – As últimas notícias e homenagens ao Atleta!
04/02/2019


Resumo: Um torcedor vendeu o carro para comprar um bandeirão ao Nacional-AM, seu time do coração, mas foi “descoberto” pela família.

Imaginem chegar em casa (os leitores podem até fazer o teste de brincadeira, mas não nos responsabilizamos pelas reações) e dizer: “Querida, vendi o carro, porque queria comprar um bandeirão para o clube do meu coração”.

A história, certamente renderia muitas risadas, mas se fosse verdade, o clima seria de “Terceira Guerra Mundial”.

Foi de forma parecida que aconteceu com Sr.Natanael, pedreiro, 50 anos, casado. O Jornal A Crítica teve autorização do próprio torcedor para confirmar uma “suspeita infeliz” que sua mulher tinha, desde 2013, ano do ocorrido.

Natanael, vendeu o Clio 2010 por apenas 5,5 mil reais para completar os 20 mil reais do maior bandeirão do Estado do Amazonas.

Quando se empolgou e contou o feito para colegas em uma mesa de bar, logo, a mídia foi acionada e Natanael tem seu relacionamento mantido na “corda bamba”. A esposa diz que o time não faz nada por ele e cogita o divórcio.

Apesar das circunstâncias, não há arrependimento por parte do torcedor, que fica bravo quando se lembra que um dos patrocinadores desistiu do bandeirão e precisou tomar tal atitude, talvez seguro por não gostar de dirigir e não ter tirado ainda a habilitação.

Elaborado com nylon, o “souvenir” tem 60 x 22 metros, ganhando o status de maior bandeira do Amazonas, tendo sua estreia diante do Ariquemes de Rondônia.

Esforço
A irmã de Natanael é costureira e foi contratada para ajudar, enquanto o próprio fanático, também precisou participar da atividade, diariamente das 18 hs até às 23h30.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *