Marin, ex-presidente da CBF, não tem regalias em cela nos EUA!

Sem ingresso! Programa Gol de Placa é suspenso na Paraíba!
05/02/2019
Vídeo de Rincon Baiano gera reações no Mundo do Futebol!
07/02/2019


Resumo: A revista Exame da Abril publicou alguns detalhes da situação do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, acusado pelos crimes de organização criminosa, fraude bancária e lavagem de dinheiro.

Segundo a Exame, José Maria Marin, tem levado uma vida muito difícil, diferente do luxo que conquistou no Brasil. Transferido da Cadeia no Brooklyn (Nova York), após 10 meses, para uma cidade no interior da Pensilvânia.

Nesse presídio o antigo cartola, tem acesso a serviços como programas educativos e biblioteca, mas tem uma rotina “pesada”.

Por ter 86 anos, idade considerada avançada e não representar risco de fuga, a situação ficou “menor pior”, uma vez precisa acordar às 05h da manhã diariamente, quando há contagem dos presos.

Às 06 horas, é servido o café, mas a cela precisa estar muita organizada. A cama precisa estar pronta até 07h30, com lençol, cobertor e travesseiro.

Uma nova contagem de presos é realizada às 10 horas, enquanto o almoço é servido às 10h45, mas são os funcionários que servem. As regras são rígidas, a acomodação é por ordem de chegada, logo roupas e casacos não “guardam” lugar. Ao sair do refeitório, o retorno está proibido até a próxima alimentação e o crachá de identificação é obrigatório, exceto na cela.

No período da tarde, nova contagem, às 16 horas, mas em todo esse processo, é necessário “estar arrumado”. A camisa precisa ficar dentro da calça, exceto no patio ou sala de musculação.

O problema atual é o frio, uma vez que a temperatura está entre – 15ºC a -20ºC, assim os possíveis momentos para lazer e recreação, citado dessa forma, porém com total respeito aqueles que ali estão, permanecerá fechado até Maio.

O dia de Marin, termina por volta de 22 horas, quando a contagem dos detentos se repete. Pelas leis dos Estados Unidos, não existe diminuição da pena para regimes semiaberto e aberto para cidadãos estrangeiros não residentes, logo, sua liberdade será reconquistada em Junho de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *